Primeiros passos para implementação do sistema(Matrícula, alocação dos Alunos nas turmas,lançamento de Notas)

  • Knowledge Base
  • Primeiros passos para implementação do sistema(Matrícula, alocação dos Alunos nas turmas,lançamento de Notas)
Passo a passo para implementação de dados do sistema para lançamento de notas.

Turmas
Serviços e Produto
Matrículas
Matriz Curricular
Grade de Avaliações
Modular Professores
Liberações

 

Para começarmos a implementar o sistema na parte de matrícula e alocação dos alunos nas turmas, antes da matrícula, será necessário criar as turmas que serão utilizadas na Unidade, pois no momento da finalização da matrícula, já alocaremos o aluno em alguma turma.

Turmas

Para criamos as turmas, precisamos ir em Acadêmico > Turmas

Após entrar na interface das turmas, há uma função no centro da tela chamada “+Nova Turma” onde criaremos as novas turmas.

Ao clicar na função de criação de turmas, aparecerá uma interface para configurarmos a turma.

No campo Turno/Série, deverá ser selecionado refente à turma em questão que deseja criar. No campo “Ordem”, deverá ser colocado os seguimentos da série, se houver varias turmas da mesma série.

Sobre os campo “Matriz Curricular ” e ” Grade de Avaliações”, explicaremos daqui a pouco como funcionar, portanto pode deixar estes campos em branco e clique em Gravar.

Serviços e Produtos

Depois que todas as turmas estiverem criadas, vamos ao próximo passo, criar o serviço/produto para determinar os valores das contribuições/mensalidades de cada turma.

Para criamos esse Serviço/Produto, precisamos ir em Associação/Financeiro > Serviços e Produtos > +Novo Serviço/Produto.

Na interface de edição do Serviço/Produto, no campo de Descrição ser colocado um nome para identificação da contribuição ou mensalidade. No campo Tipo e Unidade devem ficar como mostrado na figura abaixo. No campo de valor Total deve ser atribuído o valor total da soma das contribuições durante os 12 meses do ano. Usamos de exemplo na imagem abaixo uma contribuição com valor de R$ 60,00 mensal, então multiplicando esse valor pelos 12 meses do ano, portanto temos R$ 720,00 de valor total. Assim deve ser feito com o valor da contribuição desejada.

  • No Plano de Contas deve ser atribuído como Contribuição ou Mensalidade
  • Plano de pagamento deve ser Contribuição 12x por conta dos 12 meses do ano.
  • Plano de Desconto poderá ser aplicado se houve, caso a unidade não utilize desse artificio basta deixa-lo em branco.
  • Tipos de Documento, Grupo, Finalidade, Contrato vinculado devem estar configurados conforme figura abaixo.

Matrícula

Agora sim iniciaremos as matriculas, para prosseguirmos precisamos ir em Acadêmico > Nova Matrícula.

Nessa tela para realizarmos as matrículas aparecerá várias opções de tipo de matrícula como mostra na figura abaixo:

Como a matrícula de Ex-Aluno é a mais utilizada(caso houver importação), então utilizaremos ela como exemplo pois os demais tipos de matriculas são semelhantes.

Assim que clicarmos para realizarmos a matrícula de Ex-Aluno aparecerá uma listagem de todos os alunos que nós importamos do seu colégio. Então basta localizarmos os alunos que matricularemos e clicar em ‘Matricular’. Como mostra na figura abaixo:

Após clicar em matricular o aluno desejado, o sistema te levará para uma tela de cadastro, onde alguns dados básicos do aluno já estarão preenchidos. Caso queira preencher os demais dados presentes nas outras abas da interface não tem problema. A parte mais importante nesse momento é atribuir o aluno na Série/Turno correta, para que possamos aloca-lo em alguma turma que criamos anteriormente, como mostrado na figura abaixo:

Após selecionar a Série/Turno e depois respectivamente a turma, clique em ‘Gravar’ que se encontra no final da página. Feito esses passos para os alunos, já estarão matriculados e alocados nas turmas.

Na parte da criação das turmas, deixamos os campos de Matriz Curricular e Grade de Avaliações em branco, mas agora chegou a hora que iremos utilizar essas duas funções.

Matriz Curricular

Começaremos pela Matriz Curricular, que serve para incluir todas as Disciplinas que determinada Série irá utilizar,podendo ser acessada indo em Cadastros > Matriz Curricular.


Após entrar na interface das Matrizes curriculares, clique no botão
‘+Nova Grade’. No campo de descrição, deverá ser colocado um nome como o da imagem por exemplo para distinguir a Matriz das demais, pois podem haver várias outras Matrizes dependendo da necessidade do colégio.

Depois que dermos um nome para nossa Matriz entraremos nela clicando em “GERENCIAR”.
Ao entrarmos na Matriz que acabamos de criar, ela estará sem nenhuma Disciplina alocada, então temos que clicar em ‘Incluir Disciplina’, conforme imagem abaixo.

No campo de Disciplina, escolheremos as Disciplinas que as turmas dessa Matriz que criamos, no meu caso, como criei uma com nome de “Ensino Fundamental”, então nessa Matriz incluirei somente as Disciplinas que o Ensino Fundamental utiliza. Assim deve ser feito com a Matriz que você criou.
No campo ‘Calculo’ e ‘Tipo’ devem ficar conforme está na imagem e as cargas horárias devem ser colocadas nos campos de acordo com o colégio.

Após incluirmos todas as Disciplinas que essa Matriz possuirá, é hora de atribuirmos as turmas que utilizarão essa Matriz.

Do lado da aba de Disciplinas, existe uma aba chamada “Turmas que Utilizam esta grade”, onde incluiremos as turmas, uma por uma que utilizarão as Disciplinas dessa Matriz, conforme a imagem abaixo.

Grade de Avaliações

Após finalizar as Matrizes, é hora de criarmos as Grades de Avaliações. Que são os artifícios utilizados para fazer o calculo da média, como por exemplo, Trabalhos, Avaliações, Simulados, Notas Extras, etc. Para iniciarmos essa etapa precisamos ir em,  Cadastros > Grade de Avaliações > Gerenciar Grades > +Nova Grade. Conforme descrito nas imagens abaixo.


Ao clicar em +Nova Grade, aparecerá a interface onde possui 2 campos, Código e Nome. No campo ‘Código’ poderá ser colocado qualquer número, pois serve somente para questões de organização e ordenação.
No campo ‘Nome’ será o nome da nossa grade, como por exemplo a imagem abaixo, recomendamos que os nomes sejam colocados para distinguir uma grade da outra. Pois em relação ao método de calcular as médias geralmente vária entre as turmas. E se esse for o caso, poderá ser necessário criar outras Grades de Avaliações, com artifícios específicos para cada série.

Após termos criado as Grades que utilizaremos, temos que voltar na tela inicial das Grades de Avaliações e selecionarmos a grade que desejamos implementar. Depois que a grade estiver selecionada, surgirá uma função chamada ‘+Incluir Avaliações’, onde vamos adicionar as avaliações, trabalho, etc.

Na interface para configurarmos o método avaliativo, o primeiro campo que devemos atribuir é o o campo ‘Período’, onde definiremos a qual período didático  essa avaliação que estamos criando atuará no calculo da média.

    • O campo ‘Código’ tem a mesma funcionalidade do momento em que criamos essa Grade de Avaliação, somente para ordenação e organização.
    • No campo ‘Descrição’, será atribuído o nome do método que estaremos utilizando, podendo ser: Avaliação, Simulado… O nome que desejar.
      No campo ‘Sigla’ será uma abreviação da descrição feita anteriormente, segue como exemplo a imagem abaixo.
    • No campo ‘Tipo’ será onde definiremos como nossa grade irá se comportar, como irá se comportar no momento do calculo da média. Portanto explicarei especificamente como cada tipo se comporta quando selecionado.

 

 

    1. Avaliação:
      Avaliação é o tipo mais comum e utilizado pois ele simplesmente soma a nota de todos os artifícios do tipo ‘avaliação’ existentes na grade do período em questão, e divide pela quantidade de avaliações.
    2. Simulado
      As notas atribuídas a um método desse tipo, podem ser usados para se obter o calculo da média ou usado para somar a nota à média já calculada, deixando a opção abaixo marcada.

      Obs.: Os professores não possuem permissão para lançarem essas notas pelo portal Docente, portanto a secretaria ou a coordenação pedagógica terá que lança-las.
    3. Extra
      As notas desse tipo são simplesmente somadas à média após ela já ter sido calculada.
    4. Recuperação Bimestral
      Esse tipo de avaliação pega a média calculada, soma com essa nota da Recuperação Bimestral e divide por dois. Gerando assim uma nova média bimestral.
    5. Substitutiva Média
      Essa avaliação compara a média calculada com e nota atribuída à avaliação, prevalecendo a que tiver maior valor.
    6. Substitutiva Nota
      Essa avaliação como o próprio nome diz, substitui a menor nota do bimestre pela nota atribuída à esse campo se houver alguma nota menor no bimestre.
  • No campo ‘Valor Máximo’ é onde definiremos o valor da nota máxima que poderá ser atingida. Podendo ser configurada  valendo no máximo 10,00.
    O campo ‘Valor de Corte’ deverá ficar sempre zerado(0,00).
  • No campo ‘Disciplinas’ será onde selecionaremos as disciplinas para qual a nota dessa avaliação se aplicará no calculo da média, podendo ser todas as disciplinas ou disciplinas especificas conforme imagem abaixo.

Após todos os campos estarem preenchidos clique em Gravar, que essa avaliação será adicionada a grade.
Após toda a grade montada, dependendo de como foi criada, ficará parecida com a imagem abaixo.

Essa grade montada ficaria desse modo visualizado pelo portal Docente, onde os professores lançarão as notas.

O simulado, como dito anteriormente, não é possível lançar a nota pelo portal Docente.

Modular Professores

Após a criação das Grades de Avaliações, nosso próximo passo será modulação dos professores nas disciplinas correspondentes.
Para iniciarmos esse processo, temos que ir em Cadastros > Modular Professor.

Assim que entrarmos nessa função, uma listagem dos professores cadastrados no sistema aparecerá para serem modulados.
Para modularmos os professores, precisamos clicar no botão em destaque ‘Modular’ e depois que abrir a outra interface temos que clicar em ‘+Adicionar Turma/Disciplina’.
Feito isso, irá abrir a tela para adicionarmos as disciplinas e turmas que o professor selecionado irá ministrar aula. Primeiramente temos que definir a disciplina, feito isso vai aparecer as turmas disponíveis da disciplina(turmas que ainda não possuem professor modulado na disciplina em questão), então selecionarmos as turmas dessa disciplinas que o professor vai ministrar aulas, conforme imagem mostrada abaixo.

Feito isso com todos professores em suas determinadas disciplinas, eles poderão ter acesso às funções do portal Docente.

Liberações

Depois que os professores foram modulados em suas disciplinas, chegamos no último passo antes que possamos começar a lançar as notas, que são as liberações.
Liberações são feitas para determinar uma data inicial e final, para que os professores possam editar notas e criar seus planejamentos no portal Docente. Dependendo de como a liberação for configurada, poderá aplicar essas restrições à área pedagógica também.

Para criarmos uma liberação, temos que ir em Acadêmico >  Liberações > +Nova Liberação

Na tela para configurarmos a liberação, no 1º campo, período, definiremos qual período didático essa liberação fará parte.
Nos campos de data inicial e final vamos determinar os dias que os professores terão para lançarem as notas e os conteúdos.
Os demais campos podem ser definidos de acordo com a necessidade do colégio.

Após ter realizado todas as etapas anteriores, os professores poderão lançar suas notas normalmente.

in